Seletor idioma

Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Professora Dra. Luiza Dias Flores apresentará "Receita de resistência do kilombo de Mãe Preta" no Evento Hybris/PPGAS-USP"
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Professora Dra. Luiza Dias Flores apresentará "Receita de resistência do kilombo de Mãe Preta" no Evento Hybris/PPGAS-USP"

  • Publicado: Segunda, 08 de Novembro de 2021, 14h48
  • Última atualização em Segunda, 08 de Novembro de 2021, 14h48

A professora Dra. Luiza Dias Flores apresentará "Receita de resistência do kilombo de Mãe Preta" no Evento Hybris, dia 12 de novembro de 2021, às 15h (Manaus).

Para assistir a palestra, entrar em contato pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. e solicitar acesso ao link da reunião. 

 

O Hybris - Grupos de estudo e pesquisa sobre relações de poder, conflito e socialidades, coordenado pela professora Dra. Ana Claudia Duarte Rocha Marques (PPGAS-USP) e pelo professor Dr. Jorge Mattar Villela (PPGAS-UFSCAR) propõe o exame e a discussão, através de postulados e objeções etnográficas ou teoricamente construídas, de algumas suposições implícitas ao pensamento político dominante, porventura também acadêmico. Um deles corresponde à ideia da política como um domínio substantivo da vida social, ideia indissociável de um ideal democrático despojado de toda impureza impeditiva de sua realização. Outro confere ou atribui ao Estado a centralidade e chave de inteligibilidade de todo fenômeno político. Em conformidade a uma disposição em empreender análises que privilegiam um enfoque nas relações de poder imiscuídas em toda vida social, o núcleo se orienta no sentido de enfatizar uma precedência analítica, porém não cronológica ou lógica, do conflito em relação à ordem. Aqui, o maior obstáculo em termos teóricos a enfrentar é a ideia de desordem que por definição tende a se opor àquela de sociabilidade. O grupo privilegiará, nesse duplo intuito, abordagens que de qualquer forma discutam concepções de política e de poder em relação aos mais diversos temas de pesquisa, colocando em discussão o uso de certas ferramentas, noções e conceitos analíticos disponíveis nas ciências sociais a partir de categorias nativas que emergem em um procedimento privilegiadamente etnográfico.

registrado em:
Fim do conteúdo da página